quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Quando o amor chegou.


Foi quando eu andava sem rumo
Que encontrei o passarinho no chão
Frágil como eu, ele voava perdido
Até que nos encontramos no meio da multidão

A alma do passarinho era leve como seu voo
Eram dois passarinhos voando na mesma direção
Quando o coloquei na mão, senti que para ele
Eu entregaria meu coração.

(Daniella Barbosa)

Um comentário:

  1. que coisa mais linda, simples e profunda!! Adorei d+ menina. :D

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Volte sempre que puder.